Paixão de Cristo| tradicional encenação marcou a Sexta Santa em Ernesto Alves

Paixão de Cristo| tradicional encenação marcou a Sexta Santa em Ernesto Alves

Na última sexta, Jesus de Nazaré foi levado à presença do governador Pôncio Pilatos, que proferiu a sua sentença e o condenou à crucificação. Após, o galileu carregou uma cruz até o local onde foi crucificado pelos soldados romanos, diante de uma multidão.

Essas cenas dolorosas fizeram parte da tradicional encenação da Paixão de Cristo, que acontece em Santiago desde o ano de 1992, com atores de teatro e voluntários. Neste ano, mais uma vez o distrito de Ernesto Alves foi o cenário para esse evento onde a arte e a religiosidade caminham juntas. Após as cenais iniciais, Jesus Cristo, vivido pelo ator Cristiano Sfreddo, carrega uma cruz saindo de frente da Igreja Nossa Senhora de Assunção, passando pela ponte e indo em direção ao Morro do Cristo, onde acontece a cruficação. Todo esse trajeto foi acompanhado por uma procissão iluminada por velas e conduzida pelos padres da paróquia de Santiago. A coordenação do evento calcula que perto de mil pessoas participaram.

A encenação é promovida pelo Departamento de Cultura da SMEC e pela Paróquia Nossa Senhora da Conceição, com o apoio de Secretarias Municipais, da Defesa Civil, de grupos de escoteiros, da Guarda Municipal e da imprensa oficial da Prefeitura.


Fotos: Márcio Brasil e Defesa Civil

 

Veja em vídeo