Saltar para o corpo principal da página

Centro de Zoonose triplicou as cirurgias de castração de cães nos últimos meses

Data: 25/01/2022

A população de cães abrigados no Centro de Tratamento de Zoonose (CTZ) de Santiago ultrapassa os 500. Ao assumir a coordenação do CTZ, o médico-veterinário Vítor Retori começou a trabalhar bastante com a sua equipe de cuidadores e estagiários de Medicina Veterinária da URI para garantir a saúde dos animais e fazer os procedimentos para manter o controle populacional e não extrapolar ainda mais a lotação.  Com uma média de 100 cirurgias por mês, a equipe já conseguiu castrar mais de 90% dos cães do canil. E aumentar aos poucos o número de animais doados, mantendo uma agenda de cuidados para estes.

Para o secretário de Saúde, Éldrio Machado, a equipe está de parabéns pela dedicação e resultados bastante satisfatórios que garantem o controle e a saúde dos cães do canil. Ele ressalta que o município está com projeto para construir uma nova estrutura para o Centro de Zoonose em outra área.

 

Late Coração, adote um cão

Na semana passada, a Secretaria de Saúde e o Núcleo de Comunicação da Prefeitura lançaram a campanha "Late Coração, Adote um cão", que pretende estimular que as pessoas procurem o Centro de Zoonose para adotar um filhote ou cachorro adulto, devidamente castrado. (Veja um vídeo da campanha)

 

Castramóvel presente

O secretário Éldrio Machado anuncia que em fevereiro deve acontecer uma ação na praça pela campanha "Late Coração, Adote um cão", tendo o Castramóvel, que está em fase de regulamentação e aprovação, presente. 

 


Arrow_Owl
Gallery big a6caa4abd4058df23d439abc82951cf7
Secretário Éldrio Machado com o médico-veterinário Vítor Retori e sua equipe, do Centro de Zoonose.