Acidentes de trânsito diminuem 27% em relação ao ano anterior, conforme Guarda Municipal

Data: 09/07/2018

Nos seis primeiros meses de 2018, o volume de acidentes de trânsito foi menor em relação ao ano anterior, o que comprova a eficácia das intervenções feitas pela Prefeitura na mobilidade urbana. De janeiro a junho de 2017 foram 233 acidentes registrados, enquanto que no ano de 2018 foram 183. Uma redução de 27% em relação a 2017, que já havia sido menor em comparação com 2016.

Os dados são da Guarda Municipal de Trânsito, que apurou ainda que a maior parte dos acidentes ocorreu no turno da tarde. Em 2018 a maior parte dos casos envolveu danos matériais (117 ocorrências) e teve 66 casos de lesão e nenhum de morte. Os tipos de acidentes mais comuns são abalroamentos (70), choque (55), colisão (46) e oito casos de atropelamentos de pedestres. A maior parte dos acidentes envolveu automóveis (198 carros), mas também um considerável número de motos (68). Teve 16 casos de acidentes com caminhões,  quatro envolvendo bicicletas e dois com ônibus.

Cabe ressaltar que cada acidente pode envolver um ou mais número de veículos e condutores. E que o total de motoristas envolvidos (entre habilitados e não habilitados) é de 330. Destes, 236 são homens e 80 são mulheres. A faixa etária que mais se envolveu em acidentes é dos 25 aos 34 anos.

Ruas com mais acidentes

  • Em 2017- Tito Beccon, Pinheiro Machado, Bento Gonçalves, Sete de Setembro, Getúlio Vargas, Osvaldo Aranha, Aparicio Mariense, General Canabarro, Benjamin Constant e Dr. Rivota.
  • 2018- Tito Beccon, Bento Gonçalves, Sete de Setembro, Av. Aparicio Mariense, Pinheiro Machado, Av Alceu Carvalho, Venancio Aires, General Canabarro, General Neto e Osvaldo Aranha.
Gallery_big_e953289c15a6ac2768581ebfb710ed60
Fotomontagem: Beatles na faixa. By Márcio Brasil.